Estar satisfeito com suas madeixas ajuda e muito a melhorar a auto-estima. Porém, escolher a correta vitamina para queda de cabelo não é só questão de estética. É um investimento em saúde e bem estar.

Além de desconfortável, a perda de cabelo representa um sintoma de que algo não anda bem em seu organismo. Por isso, nada de negligenciar os sinais de suas madeixas.

Para fortalecer seu organismo e melhorar a aparência de suas madeixas, convidamos a conhecer as 4 principais causas e as 4 opções mais eficientes de vitamina para queda de cabelo.

 

O que pode provocar a queda de cabelo?

São múltiplas as possíveis causas da perda de cabelo. E geralmente, a queda se torna mais grave com o acúmulo de fatores negativos no dia-a-dia.

Resumimos as 4 principais causas para queda de cabelo:

Deficiência de vitaminas e minerais

A principal causa de queda de cabelo é a deficiência de vitaminas e minerais que são essenciais para a formação e renovação de tecidos e órgãos de nosso corpo.

Não é por acaso que a queda de cabelo costuma vir acompanhada de irritação, descamação ou vermelhidão no couro cabeludo. Os pelos são integrados à pele e, assim como ela, necessitam ser bem nutridos.

Isso é sinal que seu corpo necessita de mais cuidados na alimentação. Reforce a atenção para as principais refeições do dia. E evite comer com pressa: a digestão começa na mastigação dos alimentos.

Uma dieta rica nas principais vitaminas (A, complexo B, C, D, E e K) e minerais (cálcio, ferro, fosforo, potássio e zinco) é fundamental para o equilíbrio do corpo e para nutrir pele e cabelo.

Alterações de humor e desequilíbrio emocional

Tentar acompanhar sempre o ritmo frenético dos tempos modernos faz mal ao seu organismo. Pode provocar distúrbios emocionais e psicológicos.

Stress, alterações no sono, ansiedade, taquicardia, mau humor, depressão… Todos são sintomas do desequilíbrio de corpo e mente. E podem provocar queda de cabelo, além de complicações mais graves à saúde.

Abuso de produtos químicos

O uso em excesso de produtos químicos pode provocar queda de cabelo. Por isso, evite abusar das tinturas com amônia, da agua oxigenada e principalmente do formol!

Escolha salões de cabelereiro confiáveis e exija a qualidade do produto utilizado e a transparência do serviço.

Condições específicas e tendência genética

Algumas enfermidades dificultam a síntese e a absorção de vitaminas e minerais. Logo, podem provocar a queda de cabelo.

Por isso, é importante realizar periodicamente os devidos exames e consultar um médico para um checkup anual.

Transtornos hormonais e doenças autoimunes podem provocar a queda de cabelo. É o caso dos distúrbios na tireoide: hipotireoidismo, hipertireoidismo.

Tratamentos médicos específicos como a quimioterapia também fazem cair os cabelos.

O fator herança genética conta muito e principalmente no caso dos homens. Neste caso, a vitamina para queda de cabelo deve ser bem específica.

Agora podemos avançar para as 4 opções mais eficazes de vitamina para queda de cabelo

Vitamina Para Queda De Cabelo: De Onde Vem As Principais?

Para saber qual vitamina para queda de cabelo é mais adequada para sua situação, é preciso entender o que pode estar causando esse transtorno em seu organismo, como já citamos logo acima, agora, algumas sugestões.

Alimentação equilibrada e rica em vitaminas e minerais

A alimentação é a melhor fonte de vitamina para corpo e mente e é cheio de vitamina para queda de cabelo.

Oferecemos uma pequena lista de que alimentos preferir na sua dieta:

Vitamina A: cenoura, brócolis, batata doce, couve, couve-flor, manteiga, espinafre, ovos, mamão, manga, pêssego e fígado.

Vitaminas do complexo B: carnes brancas e vermelha, lácteos, ovos, grãos, frutas secas, champignons, vegetais de folha bem verde, gérmen de trigo, entre outros.

Vitamina C: frutas cítricas, pimentas e pimentões, melão e melancia, couves, espinafres, manga, abacaxi, cereja e banana.

Vitamina D: alimentos fortificados como o iogurte, o leite, os cereais matinais e pães integrais com sementes.

Vitamina E: vegetais e legumes de coloração verde, sementes, gérmen de trigo e levadura de cerveja.

Vitamina K: o fígado é a melhor fonte, couves, abacate, kiwi e azeites vegetais (preferencialmente de oliva).

Minerais: lácteos; frutas em geral; grãos como feijão, grão de bico, lentilha; tomate; frutas secas; mariscos e peixes; couves; cereais e carnes (magras de preferência).

Também é importante incorporar alimentos ricos nas gorduras/óleos saudáveis. Os ômegas 3, 6 e 9 estão presentes em peixes como o salmão e o bacalhau, mariscos, sementes como a chia e a linhaça e nas frutas secas como nozes, castanhas, amêndoas e avelãs.

>>Veja Também: Artigos Sobre Queda De Cabelo

Exercícios Físicos

A prática de exercícios físicos ajuda a equilibrar corpo e mente, reduz os níveis de stress e melhora a autoestima. Por isso, são uma excelente opção de vitamina para a queda de cabelo e para abandonar o sedentarismo.

Hidratação reforçada

A falta de água no organismo afeta o desenvolvimento de todos os órgãos e tecidos do corpo humano. Portanto, para combater a queda de cabelo, é fundamental ingerir, pelo menos, 2 litros de água por dia.

E não se reforçar a hidratação de seus cabelos com produtos de qualidade.

Produtos específicos para queda de cabelo

Já estão disponíveis no mercado diversas opções de vitamina para a queda de cabelo. Procure utilizar os produtos dermatologicamente testados e aprovados. Leia as instruções de aplicação e respeite as recomendações de uso.

Lembre-se de consultar um médico para saber suas alergias.

Uma alimentação equilibrada, exercícios físicos e produtos de qualidade são a opção infalível de vitamina para queda de cabelo e a receita para uma vida mais saudável.

Quer saber mais sobre a vitamina para queda de cabelo, acesse o blog Suplementos Naturais e confira!

No entanto, muitas pessoas se sentem um pouco “sem tempo” de preparar tantos alimentos e refeições pensando em tantos detalhes alimentares, por isso preparamos um artigo sobre Remedio Para Queda De Cabelo: Suplementos Alimentares!